terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

ONDE ESTÁ SUA FÉ?

Mesmo sem acompanhar minha história, centenas de pessoas que me conheceram em algum lugar, perguntam: "Onde está a cabeça ou a FÉ do André"? Questionam, principalmente os evangélicos, acerca de minha preocupação com o social, com a justiça, ou melhor, injustiças praticadas, principalmente nas favelas do Rio de Janeiro, já que acredito que o que se faz, fala muito mais do que só falar. Pessoas que me conheceram há muitos anos atrás, que me viram pregando o evangelho nas favelas, questionam hoje sobre o tal do "chamado" que Deus me fez...

Confesso minha irritação com esses "irmãos" que estando longe, se acham no direito de perguntarem sobre minha FÉ ou onde está minha cabeça! Lembro sempre de quando fui excluído de um rol de membros de uma igreja por motivo de "faltas"! É isso mesmo... pasmem! Fiquei sabendo que havia sido excluído da "igreja" por motivo de faltas, através de uma matéria no jornal O GLOBO. Porém eu sabia que o motivo era outro: O fato de visitar, naquela época, um dos maiores traficantes do Rio de Janeiro nas penitenciarias de Bangu (essa história você conhecerá na íntegra se ler o livro ABUSADO de Caco Barcellos ou ouvir uma de minhas palestras. Importante não pegar um texto sem contexto para usar de pretexto!). Afinal, O Mestre Jesus havia dito que deveríamos visitar os presos e ajudar os necessitados... E foi isso que fiz, morando inclusive mais de uma década nas favelas do Rio para ajudar e melhor entender essa realidade!

Uma das coisas que mais tinha dificuldade quando morava e trabalhava com os evangélicos nas favelas do Rio era o fato dos evangélicos não quererem se "misturar" com outras religiões para trabalharem em prol das comunidades. Eu pensava: se temos aqui uma necessidade e temos quem queira ajudar, porque não juntar forças? Foi nessa época que comecei a notar a importância de manter minha FÉ, porém não me manter dentro de um "status quo", mesmo que isso custasse meu apedrejamento pelos ditos "religiosos".

Todos os religiosos, desde a época de Jesus, sempre foram categóricos ao taxarem os que se afastavam daquilo que era pregado por esses mesmos reliosos. Foi exatamente por isso que os religiosos daquela época tramaram para que O Mestre fosse crucificado! Assim mesmo os religiosos de hoje continuam querendo "enquadrar" todos os que estão fora dos seus domínios, que fogem do "status quo".

Sou Cristão! Assim me apresento em todos os lugares que vou... Não sou institucionalizado... Estou No Caminho, onde o mestre andou. A Eclésia ou assembléia deve ser de acordo com O Mestre, o encontro de dois ou mais no nome D'Ele. A Igreja não cabe em prédios construídos por mãos humanas! Porém, acredito ser de suma importância que os do Caminho se encontrem... Comigo tem sido assim. Encontro todos os dias irmãos que se dizem excluídos, até conversarmos e dizer que não! Jesus não excluiu ninguém! O evangelho de Jesus não é excludente, antes é inclusivo!

Espero que muitos que estão lendo esse blog possam se incluir, sabendo que o que falamos é de Graça, que significa favor imerecido... Eu não mereço, mas tenho! Não sou bonzinho deliberadamente. O ser humano não é! Porém podemos nos melhorar e liberar a mesma Graça que temos recebido aos que ainda não a conhecem.

3 comentários:

JRS disse...

Andre, nao ia fazer nenhum comentario, mesmo porque como "irmao" teu, ja vi que mesmo quando tentamos ajudar somos coagidos em nossas relacoes. (Confesso minha irritação com esses "irmãos" que estando longe, se acham no direito de perguntarem sobre minha FÉ ou onde está minha cabeça!). Estou longe, realmente mas sempre guardando os otimos momentos que passamos ai. Agora mano, fica tranquilo que NUNCA mais vou te perguntar mais nada sobre a tua vida, gostei muito das suas palavras sobre a sua "osmose" social para se adequar ao meio que voce esta inserido, faco o mesmo irmao, mas sem perder o amor ao Mestre jamais, sem perder o sal,jamais! Se integrar nao eh se imiscuir totalmente nos "valores" do mundo, deixando de lado o padrao de vida do nosso Pai celestial. Nao adianta ajudar os pobres somente com o pao material, nao adianta ve-los morrendo e indo pro inferno. Mano, levanta a bandeira da Salvacao que Deus colocou um dia em tua mao, proclama a salvacao aos perdidos e vera o poder grandioso de Deus em tua vida. Tou longe mano, mas sempre perguntava sobre ti e lia os seus blogs, agora como seu "mano" sei que estou abusando da tua privacidade e por isso me perdoe irmao de coracao por minhas palavras de antes e de agora, porque sei que foi o que senti de Deus para te passar. Abracos e o Shalom do Deus de Israel, o Unico e Verdadeiro Maravilhoso DEUS!

Wilame Prado disse...

Fé, cada um tem a sua, anarquista, graças à Deus!

priscila disse...

Uma pessoa nao pode questionar a fé do outro... porque falar sobre fé é fácil, questionar a fé é fácil, agora VIVER PELA FÉ, ai meu amigo isso sim que é dificil.... e eu sei que vc sempre viveu e vive pela fé....
paz
beijao

Compartilhe!