quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Não deu na GRANDE mídia...

FIM DE UMA CATEGORIA
Alguns cidadãos cariocas talvez ainda não perceberam o fim de mais uma categoria. Trata-se dos cobradores, ou trocadores, como falamos no Rio. Aqueles que nos dão o troco, tarefa difícil de fazer quando se está dirigindo, podendo colocar em risco a vida dos passageiros. Em Maringá (Paraná) a empresa que detém o monopólio do transporte público, já decretou o fim da categoria. Para viajar de ônibus da TCCC (Transporte Coletivo Cidade Canção), só com cartão. Algumas empresas de ônibus do Rio de Janeiro já fazem o mesmo, dando um "start" no mesmo processo que se consolidou em Maringá. Simples para a Cidade Canção com trezentos mil habitantes e para o Rio de Janeiro? Isso não coloca em risco o passageiro quando o motorista tem que ser cobrador? Será o fim da categoria?

Um comentário:

Wilame Prado disse...

Lastimável. E quem se ferra nessa história não é somente os cobradores, mas também a população em geral, que sofre mais riscos de participar de um acidente de trânsito e ainda chegam atradas aos seus compromissos porque, muitas vezes, o motorista se embanana todo para dar o troco e tocar viagem adiante.

Enquanto isso, quem já é milionário fica ainda mais com reduções de custos da empresa.

Abraço!

Compartilhe!